segunda-feira, fevereiro 22, 2016

Quaresma: Regressar de todo o coração ao coração de Deus

O Tempo da Quaresma é o período do ano litúrgico que antecede a Páscoa, sendo celebrado por algumas igrejas cristãs.
A expressão ‘Quaresma’ é originária do latim, quadragesima dies, que significa quadragésimo dia e denomina o período de quarenta dias de preparação para a Páscoa aludindo ao simbolismo do número quarenta com que o Antigo e o Novo Testamento representam os momentos mais importantes da experiência de fé da comunidade judaica e cristã.
No seu simbolismo, este número não significa um tempo cronológico exato, ritmado pela sequência de dias, mas uma representação sociocultural de um período de duração significativa para uma comunidade de crentes.
Na Igreja Católica, o Tempo da Quaresma inicia-se na Quarta-feira de Cinzas, e termina na missa vespertina da Quinta-Feira Santa, com que se inaugura o Tríduo Pascal.
O Papa Bento XVI, na Audiência Geral, no dia 22 de Fevereiro de 2012, sobre o significado litúrgico dos “quarenta dias da Quaresma”, definiu:
“Trata-se de um número que exprime o tempo da expectativa, da purificação, do regresso ao Senhor e da consciência de que Deus é fiel às suas promessas.”
No que se refere aos dias e tempos de penitência, o Código de Direito Canónico da Igreja Católica prescreve todas as sextas-feiras do ano e o tempo da Quaresma.
Na disciplina católica, todos os fiéis, cada qual a seu modo, têm obrigação de fazer penitência. Prescreve-se, neste contexto disciplinar, que nos dias de penitência os fiéis de modo especial se dediquem à oração, exercitem obras de piedade e de caridade, e se abneguem a si mesmos, cumprindo mais fielmente as próprias obrigações e sobretudo observando o jejum e a abstinência, devendo seguir o preceito na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira da Paixão.
O Tempo da Quaresma tem seis domingos, sendo o último domingo o Domingo de Ramos da Paixão, que precede a festa da Páscoa, e em que se celebra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.
A cor litúrgica do Tempo da Quaresma em geral é o roxo, sendo para o quarto domingo da Quaresma, denominado Domingo Laetare, permitidos os paramentos de cor rosa tal como no Domingo Gaudete no Tempo do Advento.
No Domingo de Ramos, a cor das vestes litúrgicas é a vermelha, dando sinal que chegámos ao Tempo Pascal.
Rolando Santos

Sem comentários:

Hora de verão na missa do Infantado

No verão, a missa do Infantado (EB1) passa a ser às 21h.