quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Ouvimos dizer do dia do doente


“Foi um momento de comunhão total com Cristo, com os mais fragilizados e com os irmãos que nos acompanham. Esta“Foi um momento de comunhão total com Cristo, com os mais fragilizados e com os irmãos que nos acompanham. Esta celebração com os nossos doentes, como o Rui, traduziu-se numa experiência cheia de sentido em que se junta a dimensão humana à espiritual. Para além do nosso trabalho ao longo do ano junto dos lares e dos doentes, nesta missa, especialmente quando vimos o sol a entrar na igreja no momento da unção com os óleos, sentimos um acalmar de ansiedades e uma pacificação em todos os presentes.”
Adelina Tomé e o Grupo Dar-a-mão

“É já a segunda vez que venho e gostei muito da missa dos doentes, aqui sentimo-nos muito bem. Este ano senti muita emoção e carinho.”
Eduarda Alves, Fanqueiro

“Nesta missa do doente o Shalom veio ajudar
Para o povo ficar contente e o estomago aconchegar.
Que a Paz do Senhor encha os corações dos que sofrem.”
Vanessa, Beatriz e Mariana, Shalom de Loures 

Sem comentários:

Hora de verão na missa do Infantado

No verão, a missa do Infantado (EB1) passa a ser às 21h.