segunda-feira, março 21, 2016

Adoração do Santíssimo na Igreja Matriz - a seguir à missa de lava -pés na 5ª feira Santa

Momento de Adoração do SS
até às 24h
Acólitos / MEC
0h-1h

AdC/ Barro/ Pinheiro/ Murteira
1h-2h

Catequese
2h-3h

Grupo Dar a mão
3h-4h

Renovamento Carism.
4h-5h

Escuteiros e jovens
5h-6h

Marzagão/Moninhos/ Alta/ Tojalinho
6h-7h

Bº Milharada/ Loures / Mealhada
7h-8h

Infantado/ Ponte Lousa/Grupo pobres
8h-9h
Guerreiros/ Fanqueiro/ Montemor

sábado, março 19, 2016

A Palavra conVida

CONVITE - VIVAMOS O VALOR: “A Páscoa celebrar e Misericórdia irradiar”

CELEBRAÇÃO DOS RAMOS, DIAS 19 E 20 MARÇO 2016

Missa de Ramos na Igreja Matriz, sábado às 18H30 e domingo às 11H30 (nos restantes locais de culto a Eucaristia será no horário habitual)


QUINTA - FEIRA SANTA, 24 MARÇO 2016

Última Ceia e Adoração Eucarística:
Igreja Matriz de Loures, às 21H30 (adoração toda a noite até às 09H00 de sexta-feira)

SEXTA - FEIRA SANTA, 25 MARÇO 2016

Ofício de Leitura e Laudes, Igreja Matriz de Loures às 09H00
Celebração da Paixão do Senhor às 15H00

VIA SACRA DE LOURES

Concentração no Centro Paroquial, às 21H00

SÁBADO SANTO, 26 MARÇO 2016

Local: Igreja Matriz de Loures
Ofício de Leitura e Laudes 10H00
Vigília Pascal 22H00

 MISSA DE DOMINGO DE PÁSCOA, 27 MARÇO 2016

09h00 - Moninhos
09h00 - Murteira
10h00 - Ponte de Lousa
10h15 - A dos Cãos
11h30 - Igreja Matriz de Loures
11h30 - Montemor
18h00 - Guerreiros
19h15 - Infantado (Escola EB1)

Na vigília Pascal serão entregues cruzes floridas que andarão de casa em casa, um dia em cada casa (como as Sagradas Famílias). As pessoas devem inscrever-se nas Zonas ou no Centro Paroquial antes da Eucaristia das 18H30, para podermos fazer as respetivas listas.

LEMBRETE - Na noite de Páscoa entramos na hora de Verão
Sabia que pode receber a Palavra comodamente no seu e-mail? Visite a nossa página de Facebook e clique em “REGISTA-TE”.

O Tríduo Pascal e o Tempo Pascal

A Páscoa é a comemoração do fundamento da fé cristã, de que Jesus morreu e ressuscitou ao terceiro dia. É a principal celebração do ano litúrgicocristão e também a mais antiga e importante festa cristã, marcando o domingo de Páscoa o ápice da Paixão de Cristo. O termo ‘Páscoa’ provém dohebraico Pesach, a Páscoa judaica, e significa ‘Passagem’. Da escravatura no Egipto para a liberdade na Terra Prometida, da morte para a vida, das trevas para a luz. Da renovação, renascimento e transformação. Do Inverno para a Primavera. Para a Ressureição. A Páscoa é uma festa móvel e começa na última semana da Quaresma, no Tríduo Pascal. Este é composto pela Quinta-Feira Santa, em que se celebra a Última Ceia, pela Sexta-Feira Santa em que se relembra a Paixão e Morte de Jesus, e pela Vigília Pascal. Na Quinta-Feira Santa, na missa da Última Ceia, durante o ‘Glória’ todos os sinos da igreja devem dobrar, só voltando a ser escutados na proclamação da ‘Glória’ durante a Vigília Pascal. Após a homilia, ocorre o ritual do LavaPés dos pés pelo sacerdote, conforme Jesus fez aos apóstolos, terminando a missa termina com a transladação do Santíssimo Sacramento para um lugar menor, sendo recomendada a Adoração Eucarística, mas sem solenidades, ficando os altares da igreja descobertos, exceto onde está o Santíssimo. A Sexta-Feira Santa relembra a Paixão e morte de Jesus, sendo o único dia do ano em que não se celebram missas, tendo-se ao invés, a celebração da Paixão de Jesus. As imagens dos santos e crucifixos são cobertos e as respetivas luzes apagadas. Sexta-feira Santa é dia de jejum e abstinência de carne. A Igreja pede aos seus filhos recolhimento e oração em memória da Paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. No Sábado Santo ou Sábado de Aleluia, faz-se a lembrança de Jesus morto, onde se cultiva a esperança e perseverança. A Vigília Pascal é a celebração mais importante do calendário litúrgico cristão, por ser a primeira celebração oficial da Ressurreição de Jesus. Historicamente, é durante essa celebração que os adultos catecúmenos são batizados. É realizada nas horas de escuridão entre o pôr-do-sol no Sábado Santo e o amanhecer da Páscoa. Começa após o pôr-do-sol no Sábado Santo fora da igreja, onde é abençoado o novo fogo e aceso Círio Pascal, que simboliza o esplendor do Cristo ressuscitado, dissipando as trevas do pecado e da morte, lembrando a todos que Cristo é a “luz do mundo”. O Domingo de Páscoa celebra a Ressurreição de Jesus e sua primeira aparição entre seus discípulos, dando início aos 50 dias do Tempo Pascal que terminam com o Domingo d a Festa da Ascensão do Senhor, que precede o Domingo de Pentecostes.

Rolando Santos

Passa a Palavra

Testemunhos das Peregrinação a Fátima

Foi mais uma vez muito bom vir a Fátima em peregrinação. Correu tudo muito bem, com a protecção de Nossa Senhora.

Adelina - Loures 

Gostei muito da peregrinação a Fátima, nunca tinha feito a Via Sacra. Adorei!

Augusta Ventura - Loures 

Ir a Fátima, para mim, é sempre um caminho que tenho vindo a fazer para chegar mais perto de Deus, porque sinto que através de Nossa Senhora, que é Mãe, tudo é mais sereno mas ao mesmo tempo mais forte. O que gostava de realçar nesta nossa Peregrinação, em conjunto com tantos irmãos, foi a Via Sacra, aquele caminho que percorremos juntos foi tão especial para mim, que por palavras é dificil descrever, por isso, de coração, só digo, obrigada SENHOR!

Felicidade - Infantado

Palavra 100