quinta-feira, abril 30, 2015

Maio, mês de Maria - Procissões de velas


Registos da Semana Santa


Foi enriquecedor fazer a preparação das eucaristias de ramos, num ambiente acolhedor, muito alegre e divertido, e com muita entreajuda e verdadeira confraternização, onde a boa disposição estava patente nos rostos, de todos os elementos presentes da equipa de zona.
A Missa de Ramos foi uma linda celebração, cativante do início ao fim. Foi a primeira vez que assisti ao início da eucaristia feita no adro da igreja Matriz.
Nos ofícios de leitura e laudes, num ambiente único e próprio, com as várias equipas unidas e em entreajuda podemos falar com Deus. Foi um sentimento de profunda riqueza espiritual e simultaneamente de aprendizagem.
A Via-sacra foi muito boa. Uma sensação reconfortante, uma vez mais, uma bela reunião. A Vigília Pascal foi muito emotiva; são valores transmitidos de uma forma natural como, emoções de renovação, sentimentos de deveres por cumprir e muito caminho ainda para percorrer.”

Júlio Dinis, Guerreiros | Catequista em Pinheiro de Loures

terça-feira, abril 07, 2015

Mensagem de Ressurreição

Disse-lhes: “Vinde e vede”. Então eles foram e viram onde morava, e permaneceram com ele aquele dia. Era a hora décima, aproximadamente. (Jo 1, 39)

Os dias que vivemos são de pressas, correrias... apesar de tanto desemprego o tempo continua a faltar a todos, tantas vezes ouvimos e dizemos que não temos tempo. A nossa atenção está mais focada no futuro, no que ainda não fizemos e, não tanto, no que já podemos viver, experimentar e saborear. É verdade que, depois do primeiro impacto, da primeira impressão, do primeiro conhecimento, é preciso algum esforço para ir mais longe, para aprofundar a amizade. Mas quem faz a experiência profunda de “estar ao lado”, quem permanece vive uma riqueza inesquecível: “era a hora décima”.
A renovação das nossas vidas, a ressurreição que Deus nos quer sempre dar também se concretiza neste permanecer com aqueles que connosco vivem o dia a dia e, ainda, connosco partilham a fé. Encontrar formas e forças para permanecer, para aprofundar, para estabelecer laços inquebráveis é vida nova que Deus te quer oferecer. Santa Páscoa!

Pe. Chico, Pe. Duarte e Diácono Simão

Hora de verão na missa do Infantado

No verão, a missa do Infantado (EB1) passa a ser às 21h.